O autor do projeto quer dar celeridade na realização dos exames para que o paciente tenha mais tempo num eventual tratamento contra a doença

Deputado Virmondes Cruvinel | Foto: Marcos Kennedy/Alego

Projeto apresentado na semana passada pelo deputado estadual Virmondes Cruvinel (Cidadania) estipula o prazo máximo de 30 dias para que a rede pública estadual de Saúde realize os exames clínicos, laboratoriais e complementares necessários para a confirmação de hipótese diagnóstica de neoplasia maligna, presente no câncer de mama.

A contagem do prazo se dará após a emissão do laudo médico que especifique as manifestações clínicas que indicam a hipótese de câncer de mama.

Segundo o deputado, o projeto pretende preencher um suposto vazio legislativo e dar mais direitos aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e da rede estadual de saúde pública. “Vamos dialogar com os parlamentares e representantes da Secretaria Estadual de Saúde para que o prazo, se aprovado, seja cumprido à risca”, ressalta.

Para Virmondes, o prazo é importante porque a doença é grave, portanto, quanto mais cedo o diagnóstico, mais chances o paciente terá num eventual tratamento contra o câncer.