Projeto de lei torna obrigatória presença de psicólogos em escolas de Goiás

Matéria de autoria do deputado Francisco Jr tramita na Assembleia Legislativa

Foto: André Costa/ Jornal Opção

Tramita na Assembleia Legislativa um projeto de lei, de autoria do deputado estadual Francisco Júnior (PSD), que torna obrigatória a presença de psicólogo escolar nas redes públicas de ensino fundamental e médio, no âmbito do Estado de Goiás.

Segundo o projeto, o psicólogo escolar terá a função de atuar junto aos alunos, professores, direção e famílias com objetivo do desenvolvimento dos estudantes, das relações professor-aluno e aumento da qualidade e eficiência do processo educacional.

“Atualmente as escolas registram elevados índices de violência, com a ocorrência de tragédias, sendo necessário adotar medidas preventivas que envolvam toda a estrutura educacional”, explica Francisco.

O deputado considera, ainda, que a atuação do psicólogo deve considerar não apenas os aspectos individuais dos alunos, mas também os aspectos do corpo docente, auxiliando no dia a dia escolar.

Caso o projeto seja aprovado, o parlamentar propõe discussão posterior para que seja definido por regulamentação própria a quantidade de alunos por psicólogo nas respectivas redes de ensino.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Melissa

Ajude aprovar a PL 3.688/2000 há mais de 17 anos tramitando no Plenário e não foi aprovada ainda. Pelo bem nacional de todas as crianças… Obrigada!