Proifes-Federação interpela judicialmente o ministro da educação Abraham Weintraub

Reitores solicitam esclarecimentos sobre as afirmações de que existem grandes plantações de maconha e laboratórios de metanfetamina nas universidades federais

Ministro da Educação| Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Proifes-Federação interpelou judicialmente o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, por ferir a honra dos professores e professoras das instituições federais com suas declarações. A solicitação foi enviada no dia 28 de novembro e acatada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

A ação se refere à entrevista concedida por Weintraub em que ele afirma existir grandes plantações de maconha nas universidades federais, assim como laboratórios metanfetamina. 

A interpelação judicial consiste em pedir esclarecimentos de modo formal. O objetivo é que o juiz intime o requerido para que ele tenha ciência da vontade de quem move a ação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.