Em Goiás, área plantada de mandioca deve fechar 2021 com alta de 15%

Ao todo, 95% dos produtores goianos de 23 municípios estão cadastrados no programa “Cerveja de Mandioca”, que impulsionou a atividade este ano

Mais 1,9 mil toneladas de mandioca foram destinadas para produção de cerveja . Foto: reprodução/Embrapa

O programa Cerveja de Mandioca, desenvolvido pelo governo estadual em 2020, tem contribuído para estimular a plantação da raiz no estado. As estimativas são do boletim Agro em Dados, que apontou que a cadeia produtiva do produto deve fechar o ano de 2021 com um aumento de 15% em área plantada. O número representa mais de 12 mil hectares.

O programa foi desenvolvido pela Secretaria da Retomada em parceria com a iniciativa privada. O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Thiago Mendonça, comemorou os resultados. “Já está rendendo frutos, e os maiores beneficiados são pequenos agricultores”, apontou o titular da Pasta.

Entre janeiro e outubro deste ano, o programa destinou mais 1,9 mil toneladas de mandioca para produção de cerveja. Ao todo, 95% dos produtores goianos de 23 municípios estão cadastrados na inciativa. Os maiores fornecedores são de Bela Vista de Goiás, Itaberaí, Ipameri, Flores de Goiás e Posse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.