Produtores rurais receberão 30 toneladas e 700 colméias para fomentar agricultura

O objetivo da ação é fortalecer a cadeia goiana de agricultura familiar, a economia das regiões Norte, Nordeste e Ride, e os ecossistemas do Estado

Foto: Divulgação

Sementes e de kits de apicultura serão fornecidos a produtores das regiões Norte e Nordeste do Estado de Goiás e da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride). Quinze toneladas de grãos de milho e quinze de feijão deverão ir para trinta municípios e distribuídos entre os cadastrados no Programa e com a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf DAP). 

A ação do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) também contará com entrega de dez kits de apicultura. Cada kit tem 70 colmeias completas, com ninho, melgueira, tampa, fundo, quadros de ninho e de melgueira, e cera alveolada em placas.

A ação do Governo é direcionada a municípios das regiões Norte e Nordeste do Estado, bem como àqueles que fazem parte da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno. O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, afirma: “Nosso papel é contribuir para que os produtores tenham acesso a sementes, tecnologia e formas de produzir que garantam a produção rentável e sustentável”.

Antônio Carlos de Souza Lima Neto lembra ainda que a segurança alimentar e a construção de dietas mais saudáveis passam pelo campo. “Estamos atentos a essas questões e buscamos melhorar a produção, investindo no pequeno agricultor e no acesso e melhoria dessas fontes alimentares. É um grande desafio, mas estamos dispostos a buscar alternativas que contribuam nessa perspectiva, que inclui melhorias não só nutricionais, mas também sociais para a população do nosso Estado”, finaliza.

Dia Mundial da Alimentação

A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) celebra na próxima quarta-feira, 16, o celebrado o Dia Mundial da Alimentação, que neste ano tem o tema “dietas saudáveis para a erradicação da fome”. As ações tem objetivo de incentivar produtores, agricultores familiares e cooperativas a desenvolverem suas produções de forma segura, tanto do ponto de vista social quanto ambiental. 

A Secretaria também realizará, no dia 31 de outubro a VI Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional. O evento está com inscrições abertas (bit.ly/VIconesan) e deverá reunir produtores, gestores, acadêmicos e pesquisadores, colocando no centro do debate questões de qualidade alimentar e nutricional, uso de defensivos e formulação de políticas públicas voltadas a essa produção. A conferência será realizada com parceria do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Conesan).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.