PLP separa competências da Justiça Eleitoral da Justiça Comum. Resta à comissão votar mais duas propostas que integram o pacote

Na tarde desta terça-feira, 1º, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, Felipe Francischini (PSL), anunciou que o Projeto de Lei Complementar (PLP) que separa competência da Justiça Eleitoral da comum, que integra o Pacote Anticrime, recebeu aval da CCJ.

Projeto é de iniciativa do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, que vem defendendo a aprovação do Pacote Anticrime desde o início da gestão. Segundo Francischini, resta à CCJ, agora, votar mais dois projetos do pacote.