Primeiro exame para médicos recém-formados em Goiás será aplicado no sábado (16)

Com 100 questões objetivas, prova é a segunda do tipo aplicada no Brasil e é facultativa

Cerca de 50 formandos em medicina e médicos recém-formados vão participar do primeiro Exame de Egressos realizado pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego).

A prova será aplicada neste sábado (16/12), das 8 às 12 horas, na sede do conselho. As inscrições eram gratuitas e terminaram na última quarta-feira (13). A participação na prova é facultativa e o objetivo do Cremego é avaliar a formação dos profissionais recém-graduados.

Com 100 questões objetivas, o exame abrangerá as áreas essenciais da medicina, segundo o próprio Cremego, com ênfase em conteúdos considerados imprescindíveis ao bom exercício profissional. Serão aprovados os candidatos que acertarem, pelo menos, 60% das questões.

Os resultados são confidenciais e serão repassados exclusivamente aos participantes. O registro de novos médicos no Cremego independe da participação deles no exame, que será realizado anualmente e sempre aberto a formandos de faculdades autorizadas pelo MEC em qualquer Estado e a médicos formados nos dois últimos anos e devidamente registrados no Conselho.

Goiás é o segundo Estado do Brasil a implantar uma prova semelhante a que já existe na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O primeiro foi São Paulo, onde os índices de “reprovação” superam os 50%.

Regulamentação

Regulamentada pela Resolução Cremego número 100/2017, publicada em 1º de novembro deste ano, a criação do exame considera que o adequado exercício da medicina passa fundamentalmente pela boa formação médica no curso de graduação e que é necessária uma avaliação externa e independente do ensino médico, visando a adoção de medidas por parte das escolas e das autoridades de educação para sanar deficiências encontradas.

As faculdades de medicina receberão um relatório conclusivo de desempenho de seus alunos, por área de conhecimento, sem a identificação pessoal dos candidatos.

Deixe um comentário