Presos realizam princípio de motim na Cadeia de Santa Helena

Durante a confusão, os presos arremessaram fezes, pedras, garrafas, comida e peças de ventiladores, que haviam quebrado, contra o administrator da unidade e os agentes s ficaram feridos

Um princípio de motim foi registrado na tarde desta quarta-feira, 2, na unidade prisional de Santa Helena de Goiás, localizada a 209 quilômetros de Goiânia. Durante a confusão, detentos tiveram escoriações leves pelo corpo após reivindicar a implantação do Procedimento Operacional Padrão (POP) e a mudança da direção da cadeia.

Na ação, servidores do presídio com apoio do Grupo de Intervenção Tático (GIT) da 6ª Regional foram acionados para contar o motim. Além deles, o diretor tentou mediar o conflito, porém, foram agredidos pelos presos. Neste momento, os detentos arremessaram fezes, pedras, garrafas, comida e peças de ventiladores, que haviam quebrado, contra o administrator da unidade e os agentes.

Depois da negociação, os custodiados foram contidos, porém, seis deles tiveram ferimentos escoriações leves pelo corpo, e receberam atendimento médico. Ao ser questionada, a Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP) disse que vai implantar na unidade o POP, contudo, deve ocorrer de maneira gradativa.

Desde 2020, o projeto foi implantado nas Unidades Prisionais do Estado de Goiás, tendo como objetivo padronizar os procedimentos adotados pela Polícia Penal de Goiás.

Uma resposta para “Presos realizam princípio de motim na Cadeia de Santa Helena”

  1. Avatar Vivi disse:

    Queremos saber quando volta as visitas normais
    No presídio de Santa Helena de Goiás !!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.