Preso homens que aplicavam golpe do falso pix

Um dos suspeitos de praticar estelionato já foi preso outras vezes pelo mesmo crime. A pena em caso de condenação é de 8 oito anos

Dois homens foram presos na noite deste sábado, 29, suspeitos de aplicarem golpes do falso PIX. Eles, um de 20 e outro de 21 anos simulavam transferência por meio de aplicativos bancários para comprar produtos no comercio de Senador Canedo, porém não efetuavam o pagamento.

Segundo a Polícia Militar de Goiás, os autores entravam em contato com o comerciante via WhatsApp e negociavam uma mercadoria, assim que fechavam o negócio, eles agendavam um pix e antes de enviar o comprovante à vítima, editavam o comprovante apagando as referências ao agendamento. Após receberem a mercadoria, os suspeitos cancelavam a transferência deixando o comerciante no prejuízo.

Uma dessas vítimas entrou em contato com a PM que diligenciou no sentido de localizar os autores conseguindo assim, efetuar a prisão dos estelionatários dentro do Terminal Praça da Bíblia. Ainda conforme a corporação, um deles já foi preso por estelionato três vezes só no ano de 2021, além de ter sido preso por furto e estar sob monitoramento de tornozeleira eletrônica.

Em um vídeo, um deles conta detalhes do golpe praticado contra comerciantes do município de Senador Canedo. Os autores foram conduzidos para a Delegacia CGF onde tiveram inquérito policial aberto. Se condenados, eles podem pegar pena de até oito anos de prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.