Presidente do PT diz que partido não vai aceitar eleições sem Lula

Senadora Gleisi Hoffman falou a jornalistas e apoiadores antes de pronunciamento do ex-presidente Lula à imprensa sobre condenação na Lava Jato

13/07/2017- São Paulo- SP, Brasil- Ex-presidente Lula dá entrevista coletiva na sede do PT Nacional, em São Paulo | Foto: Paulo Pinto/AGPT

A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), senadora Gleisi Hoffman disse nesta quinta-feira (13/7) que o partido não vai aceitar eleição sem a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Se pretendem enfraquecer candidatura do presidente Lula, quero dizer a eles que não aceitaremos um processo eleitoral em que a maior liderança popular seja impedida de participar. Eleição sem Lula é fraude”, anunciou.

A fala da senadora é em referência à condenação do ex-presidente por corrupção e lavagem de dinheiro, proferida na última quarta-feira (12/7) pelo Juíz Federal Sérgio Moro, no âmbito da Operação Lava Jato. Ela se pronunciou em evento organizado pelo PT, partidos aliados e movimentos sociais em apoio a Lula, nesta quinta (13), na sede nacional do partido em São Paulo.

“Estamos serenos porque entendemos que Lula é inocente, mas indignados pela injustiça de uma sentença que não tem base legal, faltam provas para essa condenação e estamos prontos para o enfrentamento de mais essa injustiça”, afirmou a presidente do PT.

Ela continuou dizendo que o partido vai denunciar a sentença de Moro. “Vamos denunciar essa sentença política do juíz Sérgio Moro, porque está condenando Lula por convicção. Isso atenta contra o estado democrático de direito e contra o processo legal”, pontuou.

Lula foi condenado por receber propina da empreiteira OAS para viabilizar contratos com a Petrobras em ação penal que envolve a compra e reforma de um apartamento triplex em Guarujá (SP).

Deixe um comentário