Presidente do MDB em Catalão descarta aliança com PSDB e diz que partido já tem candidato definido

“Temos pesquisas em mãos que mostram que 70% da população não querem nem A nem B, ou seja, nem Jardel nem Adib”, afirma Orival Júnior

Juninho, presidente do MDB de Catalão | Foto: Reprodução

Por Thiago Queiroz

O presidente do MDB de Catalão, Orival Júnior, o Juninho, refutou declarações dadas ao Jornal Opção pelo ex-prefeito do município, Jardel Sebba (PSDB), e afirma ser impossível seu partido se coligar com o PSDB nas eleições do próximo ano.

“Não temos intenção de coligar com o PSDB. Temos pesquisas em mãos que mostram que 70% da população não querem nem A nem B, ou seja, nem Jardel nem Adib [Elias (sem partido), atual prefeito]. Por isso, estamos formando uma via independente em Catalão e nosso candidato do MDB será Elder Galdino. Somos a terceira via”, afirmou Juninho.

Em entrevista ao Opção, Jardel disse acreditar na viabilidade de aliança entre MDB e tucanos para as eleições municipais, para, unificada a oposição, enfrentar os nomes apoiados pelo governador Ronaldo Caiado — provavelmente o atual prefeito, que, expulso do MDB, deve se filiar a um partido da base de apoio a Caiado e tentar a reeleição.

Jardel disse ainda ter conversado com o presidente do MDB de Goiás, Daniel Vilela, sobre a possibilidade de alianças a serem feitas na região Sul do estado, sobretudo em Catalão, e chegou a citar os nomes de Elder Galdino — que é irmão do prefeito de Ouvidor, Onofre Galdino — e, também, de Gustavo Sebba (PSDB), deputado estadual e seu filho.

No entanto, Juninho fez questão de ressaltar que quem vai decidir sobre coligações do MDB no município serão os membros do diretório local. “Sem interferência do diretório regional”, sublinhou ele.  “O MDB terá candidato a prefeito e queremos o apoio da oposição, mas, no entanto, nosso grupo é independente e quer um nome novo em Catalão”, finalizou Juninho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.