Presidente da Saneago diz que Anápolis não terá problema com água em 2018

Transposição das águas do Rio Capivari para o Piancó II assegura os recursos hídricos para a cidade

Divulgação

O presidente da Saneago, Jalles Fontoura, afirmou que Anápolis tem sofrido nos últimos anos com a crise hídrica, a exemplo do Centro-Oeste brasileiro, mas garantiu que a cidade não terá problemas com água em 2018.

Conforme explicou, a transposição das águas do Rio Capivari para o Piancó II assegura os recursos hídricos e é a primeira fase de um pacote de investimentos da ordem de R$ 114 milhões.

“Essa obra será complementada com as obras de esgoto”, disse Jales, adiantando que a Estação de Tratamento de Esgoto (ETA) de Anápolis será do tipo terciária, ou seja, depois de tratada, a água existente no esgoto terá condições de ser devolvida aos mananciais hídricos.

Presente à solenidade, o presidente nacional da Caixa Econômica Federal (Caixa), Gilberto Occhi, destacou que nos últimos anos a Saneago pôde investir, com recursos da instituição, R$ 1,2 bilhão em água e esgoto no Estado.  “Tão importante quanto o asfalto, a casa, é a água na torneira”, afirmou Occhi.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.