Presidente da Associação que representa Entorno rebate Ibaneis: “O SUS é universal”

Hildo do Candango diz que já não há regulação para encaminhar pacientes para Brasília, mas criticou: “O atendimento não pode ser negado a ninguém

O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília (AMAB), Hildo do Candango, rebateu na tarde desta quinta-feira 14, as declarações do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, que afirmou mais cedo estar preparando decreto para impedir que pacientes do Entorno sejam atendidos na capital federal.

Para Hildo, que também é prefeitos de Águas Lindas de Goiás, a ação de Ibaneis não traz novidades, já que não há previsão entre as secretarias de saúde do entorno para encaminhar pacientes à Brasília.

Além disso, disse ter visto com estranheza a declaração, já que estava previsto já para esta sexta-feira, 15, a assinatura de um termo de cooperação entre o governo do DF e a região do Entorno.

“O Sistema Único de Saúde (SUS) é universal e o atendimento não pode ser negado a ninguém. Além disso, Brasília é a capital do país e possui o sistema de saúde, bem como a educação e a segurança bancada pelo Fundo Constitucional, ou seja, com recursos da União (dinheiro de todos os Estados)”, disse em nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.