Prefeitos se reúnem para decidir sobre prorrogação do decreto de restrição

18 prefeitos da Região Metropolitana fazem uma reunião virtual nesta manhã. Decreto que limita funcionamento das atividades não essenciais deve se estender por mais 7 dias

Uma reunião virtual foi convocada para a manhã deste sábado, entre 18 prefeitos da região metropolitana. O encontro servirá para prorrogar o decreto que vigora desde a segunda-feira, 1º, e que estabelece o fechamento de atividades consideradas não essenciais. A expectativa a prorrogação seja por mais sete dias.

Em nota, a Prefeitura de Goiânia informou que “diante do momento crítico que Goiânia e o país vivem em razão da pandemia, uma reunião virtual foi acertada para definir as novas medidas de enfrentamento à Covid-19”. Ainda segundo o informativo, o prefeito Rogério Cruz (Republicanos), se reuniu na tarde da última sexta-feira, 5, com o Comitê de Crise e com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, para fazer uma análise técnica dos dados epidemiológicos atualizados.

“A Prefeitura de Goiânia reconhece o atual momento de gravidade da pandemia e tem executado diversas ações para proteção à vida. Somente em 2021, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) abriu 118 leitos de UTI para tratamento exclusivo de coronavírus. Além disso, aplicou mais de 116 mil doses de vacinas em profissionais de saúde e idosos e promoveu testagem ampliada na capital. Nesta sexta-feira, 11 postos de saúde municipais fizeram a testagem em massa e a taxa de casos confirmados foi superior a 20%”, diz a nota. “Mesmo diante de medidas duras, os casos de coronavírus em Goiânia estão subindo. A taxa de ocupação de leitos de UTI chegou a 96% na tarde desta sexta-feira, dado que preocupa”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.