Prefeitos de Goiás e Tocantins se reúnem em Aparecida de Goiânia para discutir desenvolvimento sustentável

Municípios participam de reunião preparatória para encontro nacional que será realizado no mês de abril em Brasília

Prefeito de Aparecida de Goiânia e vice-presidente da FNP, Maguito Vilela (PMDB), será o anfitrião do evento | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Prefeito de Aparecida de Goiânia e vice-presidente da FNP, Maguito Vilela (PMDB), será o anfitrião do evento | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Laura Machado

A Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em parceria com o Sebrae, promove na tarde desta sexta-feira (6/2) a Reunião Regional Preparatória de dirigentes municipais dos Estados de Goiás e Tocantins para o III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS).

A Reunião, que acontece no Auditório da Universidade Estadual de Goiás (UEG), em Aparecida de Goiânia, é voltado para prefeitos e secretários municipais. O evento serve para a preparação e mobilização dos gestores a participarem do III EMDS, que acontece em Brasília entre os dias 7 e 9 de abril.

Mais de 70 prefeitos já confirmaram presença na Reunião Regional, um deles sendo o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), que também é 2º vice-presidente da FNP. Maguito afirma que, além dos representantes municipais, a reunião vai contar também com a participação do meio acadêmico, empresários e dirigentes municipais. “O objetivo é envolver todos os setores da sociedade interessados em desenvolver de forma sustentável as nossas cidades”, ressalta.

EMDS

O III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável objetiva discutir assuntos relevantes para os municípios, como saúde pública, mobilidade urbana, desenvolvimento econômico e crise hídrica. Realizado pela FNP, com apoio do Sebrae, o III EMDS deve receber 5 mil participantes, entre eles 500 prefeitos.

Para o coordenador-geral do EMDS e prefeito de Canoas (RS), Jairo Jorge (PT-RS), o evento é um encontro de preocupações. “Nós temos que aproveitar esse momento para buscar alternativas, para trazer respostas, para buscar um desenvolvimento que seja sustentável. Não dá mais para nós ignorarmos a questão ambiental, mas ao mesmo tempo, não dá para termos uma política retrógrada, que inviabilize o desenvolvimento, o crescimento”, destacou.

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Moacir Romeiro

Maguito Vilela, nome forte para sucessão estadual e municipal.
Obs.: UEG, essa porcaria, me lesou numa seleção pública, tenho documentos como prova disso, não é abreviatura de Universidade Federal de Goiás, como traz o início da reportagem.