Prefeito de Cristalina manifesta apoio a candidatura de vereadores investigados por suspeita de rachadinha

Em março, Marquinho Abraão, Silvano da Rádio e Pablo Magela enfrentaram problemas com a Justiça e acabaram presos

Foto: Reprodução

Ainda na pré-campanha, o prefeito de Cristalina e candidato à reeleição em 2020, Daniel do Sindicato (PSB), participou de uma transmissão onde aparece, ao lado de seu vice, dr. Luis Otávio, pedindo o apoio da população do município para determinados candidatos a vereador do município.

No entanto, três dos candidatos apoiados pelo prefeito já enfrentaram problemas com a Justiça sendo presos preventivamente em março de 2020 em uma ação conjunta do Ministério Público de Goiás (MPGO) que investigava, na ocasião, a prática de rachadinha na Câmara de Municipal de Cristalina. São eles: Marquinho Abraão, Silvano da Rádio e Pablo Magela.

A suspeita do MPGO consistia no suposto repasse de parte dos salários recebidos por assessores aos vereadores que os empregavam. À época dos fatos, o promotor de Justiça Ramiro Carpenedo disse, em entrevista, que a Justiça obteve acesso a documentos que comprovavam a prática criminosa.

“Alguns servidores comissionados deixavam boa parte dos seus salários ao vereador. Gente que recebia R$ 8 mil e deixava R$ 7 mil para o vereador. (…) O modo como esse dinheiro retornava em proveito dos vereadores era bem variado”, destacou.

Apoio

Apesar do imbróglio, Daniel aparece, na gravação, manifestando seu apoio à candidatura dos três vereadores envolvidos na suposta prática criminosa. Para Marquinhos Abraão o prefeito diz: “Independente de qualquer situação, você tem o direito de ser candidato. Não cabe a mim e nem ao dr. Luis Otavio julgar ou pré-julgar ninguém. O que temos que fazer é dar o direito de quem quer que seja colocar o seu nome a disposição das pessoas. Cabe aos eleitores olhar o trabalho de cada um e dar seu voto. O Marquinhos tem trabalho prestado em Cristalina e vem, mais uma vez, colocar seu nome à disposição da população”, pontuou.

Quanto a candidatura de Silvano da Rádio, o prefeito disparou: “Deus abençoe sua caminhada; que você possa ter sucesso, mostrando a população o seu trabalho. Que você tenha a oportunidade de mostrar a sua versão de todos os fatos que aconteceram. Não quero julgar ninguém, mas se a Justiça Eleitoral permitiu o registro de sua candidatura, com certeza você está apto a pedir votos”.

Por fim, foi a vez de Pablo Magela. Para ele, o prefeito destacou: “Que você também possa ter a oportunidade de visitar e dialogar com os eleitores e poder então passar a sua versão dos fatos ocorridos. Se a Justiça Eleitoral lhe dá o direito de ser candidato cabe a nós apoiar e desejar sucesso na sua caminhada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.