Prefeito de Aragarças não adere municipalização da educação solicitada por Caiado

Estudantes continuarão nas escolas estaduais do município. Entenda

A prefeitura de Aragarças afirmou nesta sexta-feira, 25, que o município não aceitará a proposta do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), de assumir turmas de alunos de 1º a 5º ano do Ensino Fundamental que estão com Estado e seriam repassadas às cidades. As informações são do site Araguaia Notícia com confirmação da assessoria do prefeito José Elias Fernandes (sem partido).

A secretária de Educação do município, Mara Nei Elias, ponderou que as cidades pequenas de Goiás, que inclui, não se prepararam para essa missão e podem prejudicar alunos, pais e professores que vem sendo atendidos pelos colégios estaduais.

“Não temos como aceitar essa demanda dos alunos do Estado junto a prefeitura porque não existem recursos previstos e qualquer mudança agora pode prejudicar pais e alunos. A decisão que tomamos e que foi acolhida pelo prefeito foi de não aceitar a municipalização neste ano e discutir essa possibilidade nos próximos ano”, declarou Mara.

De acordo com a secretária, a proposta de Caiado pode até fazer sentido, pois a educação infantil de 1º a 5º é de atribuição dos municípios, mas o Estado auxilia na oferta de vagas em vários municípios pequenos e médios do Estado.

Uma das escolas atendidas pelo governo do Estado em Aragarças é o colégio Pompeu de Pina. “Se essa escola perder a modalidade de ensino infantil, praticamente será esvaziada. Por isso, decidimos não aceitar a municipalização neste ano”, concluiu.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.