“Portas do Paço estão abertas aos vereadores”, diz prefeito em abertura dos trabalhos na Câmara

No retorno do recesso parlamentar, Rogério Cruz anuncia R$100 milhões em investimentos nas áreas da saúde, educação e tecnologia

Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de Goiânia retomou os trabalhos nesta terça-feira, 2, com a presença do prefeito Rogério Cruz (Republicanos), acompanhado de secretários, e dos parlamentares eleitos para a 19ª Legislatura. Na sessão, o gestor defendeu a aprovação de dois projetos e confirmou o nome de Sandes Júnior (PP) e Anselmo Pereira (MDB) na liderança e vice-liderança, respectivamente, do Paço na Casa.

Um dos projetos é uma homenagem à Maguito Vilela, a quem Rogério chamou de eterno prefeito, e visa denominar Avenida Leste-Oeste Luís Alberto Maguito Vilela, a via que corta a cidade de Goiânia. A outra proposta é o já divulgado Renda Família, que prevê um auxílio municipal de R$300 a famílias vulneráveis da capital. Em seu discurso, Rogério frisou que “as portas do Paço estão abertas aos vereadores”.

O prefeito aproveitou a oportunidade para reforçar o compromisso de trabalhar em parceria com a Casa para atender às necessidades da população. “Já conseguimos viabilizar mais de R$100 milhões do Governo Federal que serão destinados para a construção de doze unidades básicas de saúde, 10 escolas em tempo integral e investimentos superiores a R$10 milhões na Maternidade Célia Câmara.”

De acordo com o prefeito, cerca de R$50 milhões serão investidos no programa “Cidade Inteligente”, para colocar Goiânia na vanguarda tecnológica. Além disso, reforçou a meta de concluir todas as obras iniciadas no governo Iris Rezende e destacou as intervenções em caráter emergência. “Para reparar os estragos feitos pelas chuvas em diversos pontos”, pontuou.

Ainda na sessão

A permanência de Romário Policarpo (Patriota) na presidência da Casa também foi elogiada por parlamentares e pelo prefeito, que é amigo pessoal do vereador. Anselmo lembrou que o feito é incomum e disse que a Casa está em boas mãos.

Durante a sessão, todos os presentes permaneceram de máscara, exceto a vereadora Gabriela Rodart (DC) que ficou a maior parte do tempo em plenário e nos corredores da Câmara sem proteção. Nos bastidores, especula-se que a parlamentar possa ser acionada na Comissão de Ética, o que não ocorreu até o momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.