Polícia prende suspeitos de assassinar filho de cozinheira morta em 2015 na capital

Douglas Vinicius Machado de Abreu, de 26 anos, morreu com uma facada no peito

A Polícia Militar da capital anunciou na tarde desta terça-feira (24/1) a prisão de dois homens suspeitos de matar Douglas Vinicius Machado de Abreu, de 26 anos. O jovem foi assassinado com uma facada no peito, na Avenida 24 de Outubro com a José Hermano, no Setor Campinas, em Goiânia, durante a madrugada.

A corporação chegou até a dupla por denúncias e conduziu os suspeitos à Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH). Conforme informações da Polícia Civil, a vítima vivia em situação de rua e era usuário de drogas.

A vítima é filho da cozinheira Marizete de Fátima Machado, morta no ano de 2015, após ser alvejada duas vezes e ter 40% do corpo queimado. O crime chamou atenção na época pela crueldade e também pelas motivações: William Divino da Silva Moraes e Sueide Gonçalves da Silva teriam tirado a vida da cozinheira porque a pamonha feita por ela era mais vendida que a deles, em um estabelecimento vizinho ao de Marizete.

Dias após o crime, Douglas acabou detido suspeito de atear fogo na casa dos supostos assassinos da sua mãe. Ele chegou a confessar a autoria do incêndio, disse que estava contrariado e esperava alguma forma de vingança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.