Polícia prende suspeito de abusar de avó deficiente física e mental

Idosa foi encontrada com feridas em residência onde morava em condições subumanas

Foto: Polícia Civil

No Novo Gama, um homem foi preso, na quinta-feira, 24, suspeito de abusar da avó, que é deficiente física e mental. De acordo com a Polícia Civil, Victor Hugo Macêdo agredia a idosa, de 62 anos, que vivia em condições subumanas.

A prisão em flagrante foi feita após denúncias no Disque 100. Segundo a Delegacia de Polícia do Novo Gama, a equipe de policiais se deslocou inúmeras vezes até a casa da vítima antes, mas a idosa sempre negava as agressões, afirmava que o neto lhe devotava cuidados e se recusava a acompanhar os investigadores.

Nessas ocasiões, também não era possível ver sinais de agressão. No entanto, em denúncia recente, os oficiais retornaram à casa e encontraram a idosa debilitada e com ferimentos.

Na casa onde ela vivia, a polícia encontrou sinais de abandono em relação à higiene pessoal e, ainda, falta de energia elétrica e alimentos. Ela recebe um benefício do governo, que era retido pelo neto.

Victor Hugo foi preso e enviado para o Instituto Médico Legal (IML), antes, junto da avó. A ação contou com o apoio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do município.

No IML, o médico identificou lesões no corpo da vítima, que foi encaminhada para um hospital e permanece lá, sob cuidados, para se recuperar. O neto foi levado para o presídio local.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.