PM morre após troca de tiros com colega em Goiânia

Soldado autor dos disparos disse que pensou se tratar de um assalto. Polícia Civil e Policia Militar investigam o caso

PM e PC investigam morte de soldado do batalhão de choque da Polícia Militar | Foto: Facebook/BPM

O Soldado do Batalhão de Choque da Polícia Militar de Goiás, Diógenes Ferreira do Carmo, 30, morreu na madrugada deste domingo (29/10) no setor Leste Vila Nova, em Goiânia, após troca de tiros com o também policial militar, soldado Jeferson Vaz Fernandes.

Segundo depoimento de Fernandes à polícia, ele estava dentro de um carro com uma colega, quando o homem se aproximou já com arma em punho.

O PM de dentro do carro disse ter pensado que se tratava de um assalto e teve início uma troca de tiros.

Diógenes foi alvejado e chegou a ser levado com vida ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas não resistiu.

Segundo informações da polícia, o PM morto já havia tido um relacionamento com a mulher que estava dentro do carro com Fernandes.

Após o ocorrido, Fernandes se apresentou espontaneamente à delegacia da Polícia Civil, que investiga o caso. Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do soldado e informou que a corregedoria da PM também instaurou procedimento para apurar o caso.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.