Prefeitura quer aprovar um texto que seja adequado com o município. Nos próximos dias deve ser criado um grupo de trabalho e estudo para discutir o projeto de revisão

Paço retoma nos próximos dias discussão sobre o texto de revisão do Plano Diretor de Goiânia | Foto: Reprodução

A discussão sobre o Plano Diretor será retomada com o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), que formará nos próximos dias um grupo de trabalho e estudo para debater o projeto antes de enviar à Câmara Municipal.

Ao Jornal Opção, o secretário municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Agenor Mariano, afirma que a intenção é buscar o consenso. “Nós temos um grupo de trabalho para analisar e não refazer de novo, porque a gestão passada recolheu o projeto, tiveram muitas emendas que foram apresentadas. O motivo desse grupo de trabalho é verificar o que já foi feito, as emendas que foram apresentadas, ver o que é possível colocar, o que não e devolver o projeto para a Câmara”, pontua.

Segundo Agenor, o objetivo do prefeito é aprovar um plano que seja adequado à cidade e que atenda pelo menos um pouco aos anseio de todos. “A prefeitura pensa uma coisa, a Câmara outra, o Ministério Público outra, o mercado imobiliário pensa outra. Por isso, precisamos chegar em um consenso. Não vai agradar a todo mundo, mas vamos ver um plano para chegar em um consenso que vai ser possível enviar para a Câmara”, esclarece o secretário.

Alguns nomes de vereadores que podem fazer parte do grupo de trabalho foram divulgados pela imprensa, como o de Bruno Diniz (PRTB), Cabo Senna (Patriota), Sabrina Garcez (PSD) e Santana Gomes (PRTB), além do vice-líder do prefeito na Câmara, Anselmo Pereira (MDB), e Clécio Alves (MDB). O secretário diz que ainda não tem nada oficializado.”De forma oficial ainda não recebi nenhum nome da Câmara, vi que saíram alguns nomes na imprensa, mas ainda não foi definido de forma oficial”, afirma.