Piloto Felipe Massa anuncia aposentadoria

Brasileiro da Williams encerra carreira na Formula 1 ainda este ano. Sua última corrida será em novembro, no Grande Prêmio de Abu Dhabi

O piloto de Fórmula 1 Felipe Massa anunciou em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (1/9) que vai se aposentar ao final de 2016. Massa decidiu que deixar as pistas após 14 temporadas e sua despedida será no Grande Prêmio de Abu Dhabi, em 27 de novembro. Até a data, ele terá acumulado 250 corridas, que somam até agora 11 vitórias, 16 poles positions e 41 pódios.

O piloto da Williams fez o anúncio ao lado da chefe da equipe, Claire Williams. O contrato dele com a escuderia vai até o fim de 2016 e a tendência era que não fosse renovado. O brasileiro foi contratado pela equipe inglesa desde 2014, mas nunca conseguiu chegar ao primeiro lugar no pódio.

Em seu perfil no Facebook, ele postou um vídeo no qual agradece a todos que contribuíram para sua carreira, desde colegas de equipe, mecânicos, empresários, até sua família e fãs.

“Gostaria de dizer que sou um homem muito feliz e grato por tudo que alcancei em minha carreira. […] Eu realmente gostaria de agradecer a todos porque foi um momento fantástico na minha vida. E ainda serei parte deste mundo por muito tempo porque eu amo a Formula 1, amo o automobilismo”, disse o piloto.

Assista ao vídeo:

A carreira
Massa estreou na Fórmula 1 em 2002 pela Sauber, onde correu por três temporadas. Em 2006, após bom desempenho, o brasileiro foi anunciado pela Ferrari, onde permaneceu por oito temporadas, quando correu ao lado de Michael Schumacher, Kimi Raikkonen e Fernando Alonso.

O melhor ano da sua carreira foi em 2008, quando despontou na briga pelo título e teve perto de levar o troféu justamente no GP do Brasil, em Interlagos. Porém, uma ultrapassagem de Lewis Hamilton em cima de Timo Glock nas curvas finais selou o campeonato a favor do britânico por um ponto.

Já o ano de 2009 foi complicado para Massa, que subiu ao pódio na nona etapa, com um terceiro lugar no GP da Alemanha. Mas na prova seguinte, ele foi atingido por uma mola que se desprendeu do carro de Rubens Barrichello na Hungria. Depois disso, ele nunca mais brigou pelo título mundial.

Em 2014, Massa trocou de equipe pela segunda vez na carreira na Fórmula 1. Na Williams, manteve um desempenho parecido com o vistos nos últimos anos, conseguindo cinco pódios e tendo como melhor resultado um segundo lugar no GP de Abu Dhabi de 2014.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.