Pesquisa aponta eficácia de 91,6% de eficácia da vacina Sputinik V

Resultados preliminares foram publicados na revista científica “The Lancet”

Sucesso na vacinação para Covid depende da adesão| Foto: Marcel Ávila/Agência Câmara de Notícias

Desenvolvida pelo instituto russo Gamaleya e produzida pelo laboratório brasileiro União Química, a vacina Sputinik V tem eficácia de 91,6% contra o coronavírus, conforma apontam resultados preliminares publicados na revista científica “The Lancet”, nesta terça-feira, 2.

Já a eficácia contra casos moderados e graves da doença foi de 100%. Entre os idosos, uma subanálise de dois mil adultos com mais de 60 anos mostrou eficácia de 91,8% neste grupo.

A Sputinik é a quarta vacina a ter resultados publicados em uma revista. Os imunizantes da Pfizer/BioNTech, Oxford/AstraZeneca e Moderna também já tiveram resultados publicados, o que significa que os dados foram revisados e validados por outros cientistas.

A Anvisa analisa pedido da farmacêutica União Química para que ensaios da fase 3 sejam feitos no país. De acordo com regras da própria Anvisa, apenas imunizantes testados no Brasil poderão receber autorização para uso emergencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.