Pérsio Arida diz que ajuste fiscal de Marconi é exemplo para o Brasil

Idealizador do Plano Real, economista afirmou que Goiás é exemplo para o Brasil por ajuste fiscal e reformas estruturantes

Marconi, Ana Carla Abrão e Pérsio

Marconi, Ana Carla Abrão e Pérsio

O ex-presidente do Banco Central e um dos idealizadores do Plano Real, Pérsio Arida, foi palestrante, na manhã desta terça-feira (17/5), da Conferência do Banco BTG, no evento Brazil and the World Economy, no Harvard Club, em Nova York.

Ao analisar o momento político e econômico porque passa o país, disse que Goiás “tem muito a contribuir com a melhoria do atual cenário”. Afirmou que o governador Marconi Perillo (PSDB) deve ser elogiado pela coragem política de promover ajustes e reformas em Goiás.

A Conferência do Banco BTG integra a agenda do segundo dia da missão comercial do governador em Nova York. Em entrevista à imprensa, Pérsio Arida destacou a relevância de Goiás no processo de transformação política e econômica que ocorre no país.

“O Brasil passa por um momento de transformação. E Goiás tem, certamente, muito a contribuir porque é uma plataforma exportadora, sem sombra de dúvida. É uma plataforma diversificada, tem indústria, tem agricultura, tem um posicionamento geográfico central para o Brasil. É um dos estados que mais crescem no Brasil, tem uma contribuição muito importante para o futuro do nosso país”, declarou.

Pérsio Arida ressalvou que muitos estados não têm coragem política de fazer os ajustes e reformas necessárias como Goiás. “Nesse sentido, o governador de Goiás tem que ser muito elogiado. Goiás, São Paulo e Espírito Santo estão na vanguarda desse processo e têm que ir com todo seu exemplo para o país. Tem que ser um exemplo. Isso é óbvio. O duro é fazer, é ter coragem de fazer as reformas necessárias. Nesse sentido, Goiás está de parabéns”, afirmou.

A secretária estadual da Fazenda, Ana Carla Abrão, que acompanha o governador na missão em Nova York, ressaltou que Goiás continua a atrair investimentos e que isso deve ser intensificado na medida em que o país retomar a confiança dos investidores.

“Claro que muita coisa depende do governo federal, e termos isso na agenda do governo federal, inclusive com uma secretaria geral específica para infraestrutura e para regulação para poder atrair investimentos, vai ser fundamental; mas nosso programa abarca tudo isso. Ou seja, é trazer investimentos, atrair investimentos como Goiás sempre fez de forma destacada. Tenho certeza de que, a partir de agora, com a reversão das expectativas, com a confiança voltando, isso vai ser intensificado”, arrematou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.