Pátria “amada” não pode ser “armada”, diz arcebispo de Aparecida

Dom Orlando Brandes criticou o discurso de ódio, as fake News e a corrupção. Dois ministros de Bolsonaro estavam na missa

Dom Orlando Brandes, arcebispo de Aparecida: críticas à política e à atuação do governo federal em sermão na missa do Dia da Padroeira | Foto: Filipe Rodrigues/Band Vale

O arcebispo de Aparecida (SP), Dom Orlando Brandes, afirmou nesta terça-feira, 12, que “para ser pátria amada, não pode ser pátria armada”, durante a principal missa do dia dedicado à Padroeira do Brasil. Disse o religioso: “Para ser pátria amada, seja uma pátria sem ódio. Para ser pátria amada, uma república sem mentira e sem fake news. Pátria amada sem corrupção. E pátria amada com fraternidade. Todos irmãos construindo a grande família brasileira.”

“Pátria amada Brasil” é o slogan do governo de Jair Bolsonaro. Brandes não o citou, mas o presidente é favorável ao armamento da população e é investigado em inquérito sobre disseminação de informações falsas que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

Em agosto, Bolsonaro chamou de “idiota” os que têm questionavam comprar fuzil enquanto muitos não têm feijão: “Tem que todo mundo comprar fuzil”.

No sermão, o Brandes lamentou as mais de 600 mil mortes por Covid-19 e defendeu a vacina e a ciência – ao longo da pandemia, Bolsonaro defendeu medicamentos comprovadamente ineficazes contra a doença e questionou a eficácia das vacinas.

“Mãe Aparecida, muito obrigado porque na pandemia a senhora foi consoladora, conselheira, mestra, companheira e guia do povo brasileiro que hoje te agradece de coração porque vacina sim, ciência sim e Nossa Senhora Aparecida junto salvando o povo brasileiro.”

Os ministros da Cidadania, João Roma, e da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, acompanharam a cerimônia. Bolsonaro está em Guarujá (SP) desde sexta-feira, 8. Brandes citou, ainda, a fome, lembrando o caso de brasileiros que buscam restos de carne em ossos pra se alimentar. E pediu união.

2 respostas para “Pátria “amada” não pode ser “armada”, diz arcebispo de Aparecida”

  1. Avatar Carlos disse:

    Só esqueceu de falar sobre a pedófila na igreja católica,melhor ver oq acontece na igreja q tanto quer fazer política do que ficar falando idiotice
    Resolve os problemas financeiros dos pobres pós tudo q as igreja fazer eles arrecadam seja sincero e responde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.