Para “alívio” do PEN, Bolsonaro anuncia que concorrerá à presidência pelo PSL

Desistência do deputado foi comemorada pela direção nacional da legenda, rebatizada recentemente com o nome “Patriotas”

Reprodução

Atualmente no PSC, o deputado federal Jair Bolsonaro parece finalmente ter batido o martelo e escolhido o PSL como nova casa. Em nota assinada juntamente com o presidente nacional da legenda, Luciano Bivar, o parlamentar informa que passa a ser o pré-candidato do PSL à Presidência da República.

“É com muito orgulho que o PSL recebe o deputado Jair Bolsonaro e sua pré-candidatura à Presidência da República. Outrossim, é com muita honra que o deputado se sente abrigado pela legenda e muito à vontade em um partido onde existe total comunhão de pensamentos”, diz o texto da nota.

Quem demonstrou ter apreciado o anunciou foi o PEN-Patriota, partido até então sondado por Bolsonaro. O presidente da sigla, Adilson Barroso, se disse “aliviado” com a desistência, após fracasso de todas tratativas com o polêmico deputado. A informação é da revista “Veja”.

“Fiz das tripas o coração para tê-lo com a gente, mudei o nome do partido, mexi no nosso estatuto, dei mais de 20 diretórios para o grupo dele. Mas você não pode ser convidado para entrar em uma casa e depois querer tomar ela inteira para você, expulsando seus moradores originais”, disse o dirigente.

Barroso afirmou, ainda que o relacionamento dele com Bolsonaro teria sido “envenenado” pelo advogado e assessor do deputado Gustavo Bebianno. Segundo Barroso, ele queria tomar o “partido inteiro para o grupo de Bolsonaro”.

Sem o deputado federal, o PEN-Patriota pretende focar em convencer o ex-presidente do Supremo Joaquim Barbosa a sair candidato.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Célio de Azevedo Júnior

Bolsonaro 2018!