Palmas e parte da região metropolitana terá sinal de TV analógico desligado em 30 dias

Porto Nacional, Barrolândia e a capital de Tocantins contarão apenas com o sistema digital a partir do dia 14 de agosto

Foto: Reprodução

O sinal analógico de TV vai ser desligado em três cidades de Tocantins daqui a 30 dias. A previsão é que o desligamento ocorra a partir do dia 14 de agosto. Terão o sinal desligado a capital Palmas, e as cidades da região metropolitana Porto Nacional e Barrolândia.

Para informar a população, a empresa Seja Digital, criada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), tem realizado ações de estímulo. Neste sexta-feira (13/7), por exemplo, um Dia D Digital foi realizado em Palmas para famílias que têm direito a retirar os kits gratuitos, que contam com antena digital e conversor com controle remoto.

Durante a ação, a população pôde tirar dúvidas sobre o desligamento, além de usufruir de diversos serviços sociais gratuitos, atividades e brinquedos para as crianças.

O fim do sinal analógico tem duas funções. Primeiro, de acordo com a Seja Digital e Anatel, a qualidade dos canais abertos vai melhorar, permitindo que eles sejam interativos (consulta de programação) e com menos ruídos e interferências. Segundo, vai possibilitar que a faixa utilizada pela TV analógica (700 MHz), seja liberada para que a rede 4G possa se expandir, permitindo conexão à internet móvel em alta velocidade.

Em Goiás, mais de 30 municípios, incluindo a capital, já tiveram o sinal analógico desligados completamente em 2017. A previsão é de que o Brasil não possua mais este sinal daqui a alguns anos.

Deixe um comentário