Pai joga filha de 6 anos em rio, após fim do relacionamento com a mãe da criança

Antes de jogar a filha, o homem ainda teria espancado a menina. Ele também se atirou da ponte

Um caso absurdo. Um homem de 26 anos bateu na própria filha, de 6, até a menina desmaiar e a jogou em um rio na cidade de Ponte Nova, na Zona da Mata de Minas Gerais. O fato foi na noite deste sábado, 5. Após cometer o crime, o suspeito também se jogou nas águas. Os dois seguem desaparecidos. 

Conforme informações da Polícia Militar mineira, na noite deste sábado, chegaram denúncias de que um homem transitava a pé por uma ponte que liga os bairros Palmeiras e  Triângulo agredindo uma menina com socos na cabeça. Após desmaiar a criança, ele a jogou no rio Piranga e, na sequência, se jogou nas águas. 

“Em contato com testemunhas que presenciaram a ação formos informados que o indivíduo após agredir a própria filha com socos na região da cabeça, teria arremessado-a nas águas do rio Piranga. Ele pulou logo em seguida. Procuramos os familiares que contaram que após o término do relacionamento com a mãe da criança, ele tomou a atitude por vingança”, contou o aspirante Marques. 

O Corpo de Bombeiros foi acionado para o local, mas devido ao período noturno as buscas foram inviabilizadas. O rio estava com a correnteza bastante forte. Na manhã de domingo,6, os bombeiros deram início às buscas para encontrar pai e filha, que ainda não foram localizados. 

A mãe da criança postou no Facebook um vídeo com a filha dizendo: “minha pequena, minha princesa, meu mundo. Você não me ensinou a ficar sem você, minha filhinha”. Ela também escreveu na rede social: “meu Deus como doendo tanto meu anjo”, com uma foto da filha.

Homem não aceitava fim do relacionamento com mãe da criança

A Polícia Militar conversou com a mãe da criança e ela contou que terminou um relacionamento com o suspeito há poucos dias. Os dois ficaram juntos por sete anos. Segundo a mulher, o ex cometeu o crime  por não aceitar o fim do relacionamento. 

Ela contou que o suspeito enviou uma mensagem para ela no início da noite informando que iria pular no rio junto com a filha, mas ela estava trabalhando e não viu a mensagem imediatamente, só visualizando o conteúdo quando o crime já tinha sido cometido. 

Ainda de acordo com a mulher, o suspeito já tinha a ameaçado de se jogar no rio com a filha anteriormente por não aceitar o término. Na última quarta-feira 2, o homem chegou a se jogar no rio sozinho, mas ficou preso em galhos e foi resgatado pela Polícia Militar. 

A ocorrência está em andamento em função das buscas por pai e filha. A Polícia Civil está apurando o crime. A prioridade, segundo a polícia, é encontrar pai e filha.  (com informações de O Tempo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.