“Operação de novo sistema vai normalizar abastecimento de água”, garante Vitti

Governador em exercício garantiu que não haverá racionamento na capital

José Vitti | Foto: divulgação

O governador em exercício, José Vitti (PSDB), afirmou, nesta segunda-feira (11/9), que a entrada em funcionamento do Sistema Mauro Borges já garantiu a retomada da normalidade do abastecimento de água para 20 bairros. Acompanhado do presidente da Saneago, Jales Fontoura, ele vistoriou o sistema na última sexta-feira.

Vitti disse que a entrada em operação do Sistema Mauro Borges vai desafogar o sistema em uso do Rio Meia Ponte, que não estava sendo suficiente para abastecer a totalidade da cidade.

“A Saneago está fazendo a sua parte e o governo do Estado está absolutamente empenhado na minimização dos problemas que ocasionaram a falta de água”, disse.

Ele afirmou que não haverá racionamento de água: “A palavra da Saneago é que essa possibilidade não é cogitada no momento, porém é preciso que a população faça a utilização racional da água que temos hoje disponível.”

Já no sábado não houve registro de falta de água em Goiânia. Conforme informações da Saneago, desde domingo os bairros da Região Norte da capital começaram a ter água na torneira.

No final da semana, o governo de Goiás e a Saneago deram início ao funcionamento parcial da Estação de Tratamento de Água (ETA) Mauro Borges para incrementar o abastecimento de água em Goiânia.

A antecipação foi determinada para atender ao déficit no abastecimento causado pelo longo período de estiagem. O Sistema Mauro Borges foi construído pelo governador Marconi Perillo e é apresentado como garantia de abastecimento para a capital até o ano de 2040.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.