Operação cumpre mandados contra grupo investigado por fraudar licitações; prejuízo pode superar R$ 1,5 mi

Investigadores afirmam que alvos se associaram com o objetivo de fraudar licitações milionárias voltadas para a aquisição de fórmulas nutricionais especiais pelo Fundo Municipal de Saúde nos anos de 2017 a 2019

O Ministério Público e a Polícia Civil desencadearam na manhã desta segunda-feira, 28, a operação AHAB, com o objetivo de desarticular uma quadrilha suspeita de fraude a licitações e corrupção, em Formosa. Segundo as autoridades, o prejuízo causado pelo grupo criminoso aos cofres públicos do município pode superar o R$ 1,5 milhão.

Ao todo foram cumpridos três mandados de prisão temporária e seis mandados de busca e apreensão expedidos pelo juiz Fernando Oliveira Samuel da Vara Criminal de Formosa. Os mandados foram expedidos contra proprietários de duas empresas que contrataram com a administração pública, bem como contra uma servidora do município.

As investigações realizadas pelo Ministério Público em Formosa e pela Polícia Civil identificaram que os alvos se associaram com o objetivo de fraudar licitações milionárias voltadas para a aquisição de fórmulas nutricionais especiais pelo Fundo Municipal de Saúde nos anos de 2017 a 2019

As empresas e seus proprietários agiram, segundo os investigadores, em um esquema de cobertura mútua e falsificação de documentos, com o auxílio da servidora investigada, ligada à Comissão de Licitações, tendo produzido orçamentos superfaturados em valores que chegaram a ultrapassar cem por cento dos praticados no mercado

A operação é coordenada pelo promotor de Justiça Douglas Chegury e pelo delegado Regional José Antônio Sena, e conta com o apoio de dezenas de policiais civis. Os investigados responderão a processo criminal pelos delitos de fraude a licitações, superfaturamento, Fcorrupção passiva, falsificação de documentos e quadrilha, e estão sujeitos a mais de dez anos de prisão.

O nome da operação é uma referência ao personagem do escritor norte americano Herman Melville, Capitão AHAB, que caçou a baleia branca Moby Dick pelos sete mares a bordo do baleeiro Pequod, como narrado no consagrado romance de mesmo nome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.