Novo defensor público-geral diz que vai implementar gestão técnica, ética e democrática

Domilson Rabelo da Silva Júnior disse também que irá ampliar a presença da DPE-GO nas comarcas goianas

Foto: Divulgação

O novo defensor público-geral do Estado de Goiás, Domilson Rabelo da Silva Júnior, foi empossado solenemente pelo Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO) nesta terça-feira, 29.

Na cerimônia realizada no Auditório Mauro Borges, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, o novo defensor geral destacou que pretende implementar uma gestão técnica, ética e democrática, bem como o desafio de ampliar a presença da DPE-GO nas comarcas goianas. O mandato tem duração de dois anos e corresponde ao biênio 2019/2020.

“Hoje, somos 85 defensores. Um número grande se pensarmos que há apenas quatro anos essa Defensoria recebia os primeiros 12 colegas oriundos de concurso. Mas, um número pequeno se pensarmos que ainda temos muitos municípios carentes de assistência jurídica integral e gratuita. Desafio que abraço com o coração aberto e muita coragem, consciente de que inúmeras vozes, fatos e circunstâncias, como também, o texto constitucional, demonstram a importância e a necessidade da presença da Defensoria Pública em cada município goiano”, expôs Domilson Rabelo.

O presidente eleito da Associação Goiana dos Defensores Públicos, defensor público Allan Montoni Joos, destacou o momento de grande felicidade o qual a instituição vive e o relevante papel desempenhado pela Defensoria Pública, na resolução de demandas via judicial ou extrajudicial. Também pontuou o quanto a missão de levar a DPE-GO ao interior é importante, mas desafiadora. Nesse mesmo sentido, o vice-governador do Estado de Goiás, Lincoln Tejota, reconheceu a importância dos diferentes atores para levar a presença do Estado a todas as regiões de Goiás. “O Estado estará ao lado de vocês para fortalecer esse trabalho”, se comprometeu Tejota.

O novo defensor geral ressaltou a grande responsabilidade que assume. “Tenho consciência da responsabilidade que cabe a mim, jovem, na condução de uma Defensoria Pública. Instituição que é considerada a mais confiável dentre as demais que compõe o sistema de justiça, como apontou pesquisa realizada pelo Conselho Nacional do Ministério Público, em 2018. Toda a sociedade, especialmente nesses momentos em que muitos estão sem esperança, preocupados com o futuro, precisa ter nas Instituições Públicas o amparo necessário”, afirmou Domilson Rabelo.

Durante a solenidade, o novo defensor geral agradeceu o papel fundamental de sua família em todo esse processo e expôs a confiança em cada defensor público. “Será também uma gestão democrática, dialogada, ética, responsável e com o arrojamento necessário para nosso firmamento no sistema de justiça”, completou.

Participaram da cerimônia os defensores públicos membros do Conselho Superior da DPE-GO: Tiago Gregório Fernandes (primeiro subdefensor público-geral do Estado), Débora Vidal de Almeida Rocha (segunda subdefensora pública-geral do Estado, Luiz Henrique Silva Almeida (corregedor-geral), Marcelo Florêncio de Barros, Paulo César de Oliveira Rocha, Bruno Malta Borges, Thiago Igor de Paula Souza, Lúcio Flávio de Souza e Leonardo César Luiz Stutz. Também fizeram parte o presidente do TCE-GO, Celmar Rech; e o presidente da OAB-Goiás, Lúcia Flávio Siqueira de Paiva.

Currículo

Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Goiás, especialista em Direito Constitucional pela UFG e em Direito Civil e Processual Civil pela Universidade Cândido Mendes, Domilson Rabelo da Silva Júnior é defensor público do Estado de Goiás desde 2015, titular da 4ª Defensoria Pública Especializada Processual Cível da Capital. Integrou a atuação gestão da Defensoria Pública do Estado de Goiás como primeiro subdefensor público-geral de fevereiro a novembro de 2018. Ocupou a Diretoria de Assuntos Jurídicos da DPE-GO de julho de 2017 a fevereiro de 2018. Atuou como gerente Especial da Defensoria Cível da DPE-GO de julho de 2015 a agosto de 2016 e foi superintendente das Defensorias Especializadas da DPE-GO de agosto de 2016 a julho de 2017. É ex-procurador do Município de Aparecida de Goiânia, ex-gestor jurídico do Estado e ex-assessor jurídico do Tribunal de Justiça.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.