Novas evidências associam nível de vitamina D com Covid-19

Estudo aponta que 80% dos pacientes com coronavírus em um hospital na Espanha tinham deficiência do hormônio

Coronavírus | Foto: Reprodução

Um novo estudos sobre associação entre níveis de vitamina D e a Covid-19 foi publicado nesta terça-feira, 27, no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism. O estudo aponta que 80% dos pacientes com coronavírus em um hospital na Espanha tinham deficiência do hormônio. 

Os resultados obtidos sugerem que identificar se há deficiência de vitamina D em pacientes com Covid-19 pode ajudar a melhorar o prognóstico.

Os autores do estudo, membros da Universidade de Cantábria e do Hospital Marqués de Valdecilla, em Santander, Espanha, ressaltaram que conseguiram demonstrar uma associação entre a presença da vitamina D e a Covid-19, mas não uma causalidade. 

Dessa forma, não é possível fazer afirmações de que deficiência de vitamina D leva ao adoecimento ou que o reforço de vitamina D pode proteger contra doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.