Nomeação de novo superintendente do Procon Goiás marca chegada do Avante ao Governo

A nomeação do presidente metropolitano do Avante, Levy Rafael, no lugar de Alex Augusto aconteceu na última quinta-feira, 17

Como adiantado pelo Jornal Opção na última quarta-feira, 16, o Avante deve caminhar com o governador Ronaldo Caiado (UB). A confirmação foi feita na última quinta-feira, 17, com a nomeação do presidente Metropolitano do Avante, Levy Rafael, ao cargo de Superintendente de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon Goiás). Levy entra no lugar de Alex Augusto e deve tomar posse do cargo já na próxima segunda-feira, 21. 

O presidente do Diretório Regional do Avante e vereador Thialu Guioti, explica que o partido entra na base do governador. O vereador se reuniu no último domingo com o governador Caiado, antes da indicação de Levy, que se concretizaria na sequência, o que aconteceu com a nomeação, mas que deve se concretizar somente após as convenções partidárias. “Agora estamos na base do Governo e vamos caminhar com o Dr. Levy que é empresário e se colocou à disposição para contribuir na gestão”, explica Thialu. 

O novo superintendente, inclusive, reitera que a entrada do Avante na Base é uma coisa que tem sido feita desde o início da Gestão dele e de Thialu na direção do partido. A nomeação, segundo o novo superintendente tem sido uma construção que tem sido feita desde 2020, “Não estamos na Base por causa da minha nomeação, entramos porque se trata de um assunto que tem sido debatido há muito tempo”, explica o novo superintendente. Ele pretende dar sequência na gestão de Alex Augusto, para “voltar a dar o protagonismo ao Procon”.  

Chapa encaminhada 

Ainda que não tenha uma cadeira na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o partido deve fortalecer a chapa do governador. Ao ter três vereadores na Câmara Municipal de Goiânia – Thialu, Geverson Abel e Sargento Novandir – o partido conta com a segunda maior bancada na Casa. Ao contrário dos dois primeiros, Novandir integrou a sigla recentemente, após deixar o Republicanos. Na Câmara, a bancada do Avante fica atrás somente da bancada emedebista que conta com seis parlamentares.

Todos os parlamentares devem concorrer às eleições gerais deste ano. Thialu, inclusive, vai disputar uma das 17 cadeiras na Câmara Federal. Já Novandir e Geverson buscam as cadeiras disponíveis na Alego. Isso retira o partido, inclusive, da janela partidária. “Não há nenhuma possibilidade de o Avante receber deputados estaduais em mandato”, acrescenta.  

O único impasse, contudo, se dá com Geverson Abel. Já consagrado o apoio do Avante ao governo Caiado, o parlamentar tem anunciado que apoia a candidatura do prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido), no entanto, segundo Thialu, isso não vai interferir na relação com o governo.  

O novo superintendente, por sua vez, afirma que a decisão de apoiar o Governo, ou não só será consagrada por meio de uma Convenção Partidária. “Se for definido o apoio à candidatura [de Caiado], uma vez que for definido o apoio ao governador, [Geverson] poderá ter sanções”, comenta o superintendente.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.