No Sudoeste goiano, Marconi entrega reconstrução da GO-210

Rodovia é uma das principais da região e liga Santa Helena a Rio Verde

Marconi Perillo durante inauguração da reconstrução da GO-210 que liga Santa Helena a Rio Verde | Foto: Fernando Leite

Ao inaugurar oficialmente, na manhã desta terça-feira (23/1), a reconstrução de uma das principais rodovias do Sudoeste goiano – a GO-210 que liga Santa Helena a Rio Verde – o governador Marconi Perillo afirmou que o governo dá sequência a um planejamento de entrega de obras, benefícios e vistorias, que teve início no dia 15 de janeiro e vai se estender até dia 7 de abril.

Segundo ele, são R$ 2 bilhões em obras nessa primeira fase, até abril. “É uma demonstração do quanto foi importante realizarmos os ajustes na crise, que foi a maior crise da história do País”. Marconi garantiu que as parcerias e os convênios com os municípios terão continuidade em 2018.

Em relação a Santa Helena, ele adiantou que toda parte financeira na questão do aeroporto foi resolvida, só falta agora a homologação por parte da Agência Nacional de Avião (Anac), o que deverá ocorrer no máximo em 30 dias. Adiantou ao prefeito que não haverá nenhuma objeção para o município assumir o aeroporto. Quanto ao convênio no programa Goiás na Frente, disse que hoje está sendo paga a primeira parcela.

Sobre a GO-210, Marconi observou que trata-se de uma rodovia que tem um “apelo social muito grande”, na medida que encurta a distância entre Santa Helena e Rio Verde e permite a integração do Sudoeste. “Essa é uma solenidade simples, mas carregada de muito simbolismo”, arrematou, acrescentando que vai procurar sempre honrar o apoio que tem recebido de Santa Helena.

Integraram a comitiva oficial do governador os prefeitos Elson Tavares (Edeia), Divino Marques (Indiara), Edjane (Maurilândia), Dona Francisca (Aparecida do Rio Doce), Reila Naves (Turvelândia), Acreúna (Claudiomar) e Cunha (Porteirão), o deputado federal Heuler Cruvinel (PSD), os deputados estaduais Lissauer Vieira (PSB) e Karlos Kabral (PDT).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.