Netanyahu diz que EUA mudarão embaixada para Jerusalém ainda em 2018

Primeiro-ministro de Israel falou em “uma série de movimentos políticos” que não tinham acontecido antes

Donald Trump e Benjamin Netanyahu | Foto: reprodução/ Facebook

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, está convencido de que os Estados Unidos (EUA) vão transferir a embaixada para Jerusalém ainda neste ano.

“Minha avaliação e convencimento é de que isso se moverá muito mais rápido do que as pessoas pensam, um ano a partir de hoje”, disse ele, em um voo de Nova Délhi a Gujarate, segundo o jornal “The Times of Israel”.

No mês passado, o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, afirmou que a transferência da embaixada para Jerusalém demoraria pelo menos três anos, provavelmente mais.

Netanyahu não explicou em que baseava sua afirmação, mas indicou que se tratava de uma série de movimentos políticos “que não tinham acontecido antes”, segundo informou o jornal Haaretz.

Esses movimentos políticos incluem a postura do presidente americano, Donald Trump, sobre o Irã e sua intenção de cancelar o pacto nuclear, bem como sua decisão de atrasar um pagamento de US$ 65 milhões à agência da ONU para os refugiados palestinos (UNRWA), detalhou a emissora de rádio Kan.

Trump prometeu mudar a embaixada do seu país de Tel Aviv para Jerusalém, em discurso no último dia 6 de dezembro, no qual também reconheceu formalmente Jerusalém como a capital israelense.

O controverso reconhecimento do governante dos EUA desencadeou protestos em alguns países, sobretudo em Israel e nos territórios palestinos, e foi rejeitado com uma resolução não vinculativa da Assembleia Geral das Nações Unidas. (As informações são da Agência EFE)

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.