Na gestão do marido, Dona Íris deve ser secretária de Assistência Social

Ex-deputada federal já havia confirmado que assumirá pasta na prefeitura de Goiânia. Irista revelou ao Jornal Opção que martelo foi batido

iris-dona-iris-foto-candido-pelikano-2

Iris e Dona Íris durante diplomação do prefeito eleito no dia 16 de dezembro | Foto: Edilson Pelikano

O prefeito eleito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), já definiu todos os oito secretários que irão assumir junto a ele no dia 1º de janeiro. Com o discurso da crise e do “rombo” nas contas municipais, o decano peemedebista planeja nomear apenas 50 pessoas nos primeiros seis meses.

Uma delas será sua esposa, a ex-deputada federal Dona Íris (PMDB), que assumirá a Secretarial Municipal de Assistência Social (Semas). Atualmente comandada por Maristela Alencar (mulher do deputado estadual Luis Cesar Bueno, do PT), é uma das pastas mais questionadas pelos vereadores da Câmara. E uma das mais cobiçadas também.

Isso porque é onde se desenvolvem os projetos sociais, como o Bolsa Família e o Restaurante Popular, e possivelmente a que tem mais contato com a população. Derrotada à Câmara Federal em 2014, a peemedebista sonha em voltar para Brasília na eleição de 2018.

No Twitter, Dona Íris já havia confirmado que poderia assumir uma secretaria na gestão de Iris. Nesta segunda-feira (19/12), um aliado revelou ao Jornal Opção que o martelo já foi batido, mas, como em política nada é certo, há uma pequena chance de ela não assumir. “Pequenina, ínfima”, brinca a fonte.

 

Deixe um comentário