Mulher embriagada pega BR-153 na contramão e atropela motociclista sem habilitação

Acusada estava com o filho de 11 anos no carro, quando aconteceu acidente. Ela fugiu sem prestar socorro, mas foi localizada pela PRF

Francisco Costa

Uma mulher de 45 anos de idade bateu com o carro em um motociclista, na madruga desta terça-feira, 5, na BR-153, setor Jaó, Goiânia, e fugiu sem prestar socorro, mas foi localizada. Ela estava embriagada, dirigia na contramão e seu filho de 11 anos estava no veículo.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) chegou a ser informada, antes do acidente, que um veículo GM Celta era conduzido pela contramão da via. Quando os agentes chegaram, o carro já estava parado. Um dos pneus estava estourado, o retrovisor esquerdo quebrado e a lateral e frente amassados.

Testemunhas afirmaram à polícia sobre o acidente e que a suspeita havia deixado o local, mesmo com o piloto da moto ferido. Após localizada, ela foi submetida ao teste de bafômetro e foi comprovada a embriaguez.

Levantamento preliminar

A PRF informou que a mulher teria saído de Senador Canedo rumo a Abadia de Goiás, porém, errou o caminho ao acessar o Trevo da Agetop para chegar à Avenida Perimetral e entrou na rodovia pela contramão. Depois do acidente ela percorreu seis quilômetros antes de ser localizada.

Ela foi conduzida à Central de Flagrantes e foi enquadrada por lesão corporal culposa qualificada pela embriaguez, omissão de socorro, embriaguez ao volante e fugir do local do acidente sem prestar informações. Ela foi detida no local e o pai do menor foi acionado para cuidar do filho.

Vítima

O motociclista que foi atingido não possui habilitação para dirigir a moto. Ele, que tem 50 anos, foi socorrido e levado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). O nome dos envolvidos não foi divulgado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.