MPGO oferece nova denúncia contra suposto serial killer

Tiago Henrique é apontado como o autor de dois roubos a uma casa lotérica em Goiânia

Foto: André Costa

Foto: André Costa

O Ministério Público de Goiás (MPGO) ofereceu nesta segunda-feira (24/11) denúncia contra o vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha, suposto serial killer que agia nas ruas da capital, por roubos a uma casa lotérica no centro de Goiânia. Conforme prevê o Código Penal, a punição pelo crime cometido pode chegar a dez anos de reclusão.

Segundo o MPGO, Tiago Henrique teria roubado uma quantia superior a R$ 12 mil durante as abordagens à casa lotérica nos dias 6 de setembro e 1º de outubro.

Na última sexta-feira (21), o órgão ministerial também ofereceu denúncia contra o suposto serial killer pelo furto qualificado de uma placa de motocicleta. O crime teria ocorrido no último dia 23 de agosto no estacionamento de um shopping.

Com as placas trocadas, o vigilante, que quase sempre agia em uma motocicleta, teria roubado a casa lotérica e efetuado outros crimes em Goiânia.

Tiago Henrique segue preso preventivamente no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Na última sexta-feira, a polícia confirmou a participação do suspeito em 16 dos 40 assassinatos confessados por ele em Goiânia.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.