MP-GO denuncia PM que atirou na cabeça de homem em posto de gasolina de Goiânia

Aluno-soldado da corporação foi denunciado por dupla tentativa de homicídio e lesão corporal 

O promotor Marcelo Faria da Costa Lima, em substituição na 85ª Promotoria de Justiça, ofereceu denúncia contra o aluno-soldado Bruno Correa de Araújo por dupla tentativa de homicídio qualificado (motivo fútil) e lesão corporal agravada por motivo fútil. No último dia 11, Bruno atirou contra um posto de gasolina e atingiu Sílvio César da Costa Júnior na cabeça.

Segundo a Polícia Civil, o militar chegou alterado ao local e disparou após desentendimento. A delegada Caroline Paim, responsável pelo caso, disse que o policial confirmou que atirou contra Sílvio.

Desde a data do crime, a vítima internada no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). De acordo com último boletim médico, o estado de saúde dele é grave.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.