MP-GO denuncia dois envolvidos na morte de advogada em Goiânia

Réus também foram denunciados pelo crime de corrupção dos menores que participaram do assassinato

O promotor de Justiça Fausto Faquineli ofereceu denúncia contra Leandro Antonelle Vicente da Silva e Luziane Ramos de Souza, envolvidos na morte da advogada Lais Fernanda Araújo e Silva, ocorrido em 10 de maio, no Setor Alto da Glória, em Goiânia. Os réus também foram denunciados pelo crime de corrupção dos menores Z.T.O.N e L.R.S.V, que participaram do crime. Um deles, inclusive, confessou ter sido o autor do disparou que matou a advogada.

As investigações apontam que Lais procurava um lugar para estacionar quando surgiram Leandro, Luziane e os dois rapazes em um carro. Eles resolveram roubá-la enquanto Leandro ficou dentro de um carro estacionado em uma rua próxima. Os adolescentes, então, desceram e caminharam na direção da vítima, enquanto a dupla ficou encarregada de vigiar contra alguma ação suspeita no entorno.

Os rapazes, então, abordaram Lais, quando um deles anunciou o assalto e apontou um revólver em sua direção, intimidando-a, e puxando a maçaneta da porta do carro. Nesse instante, Lais acelerou e foi atingida pelo rapaz. A vítima morreu no local. Após o tiro, todos os envolvidos fugiram.

O promotor relata que a PM acolheu o comunicado do assalto, tendo localizado Luziane e os adolescentes e apreendido a arma do crime. Na intervenção, Luziane admitiu a autoria do assalto a Lais e revelou a participação dos rapazes. Por sua vez, a Polícia Civil localizou Leandro, que assumiu dirigir o carro da fuga.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.