Motoristas do transporte coletivo anunciam paralisação na terça-feira, 11

A categoria reivindica o reajuste salarial, o que não ocorre desde março de 2020, data base para a adequação estabelecida em acordo entre o sindicato laboral e o patronal

Motoristas do transporte coletivo anunciaram uma nova paralisação dos serviços na próxima terça-feira, 11, na Região Metropolitana de Goiânia. A notícia foi divulgada nas redes sociais pelo diretor financeiro do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Coletivo de Goiânia e Região Metropolitana (Sindicoletivo), Carlos Alberto Luiz dos Santos.

A categoria reivindica o reajuste salarial, o que não ocorre desde março de 2020, data base estabelecida em acordo entre o sindicato laboral e o patronal. O diretor do Sindcoletivo explicou que devido a pandemia da Covid-19 em 2020 não houve negociação salarial e o serviço não foi paralisado, especialmente, porque a categoria se comprometeu para não prejudicar os trabalhadores da Saúde.

No documento enviado pelo Sindicoletivo, os motoristas relatam que tentaram negociação com as empresas, mas sem sucesso. “Tínhamos recebido uma pequena oferta de aumento, mas com a chegada da pandemia, os empresários recuaram e não fizeram nenhuma oferta no decorrer do ano”.

A última greve feita pelos motoristas do transporte coletivo aconteceu no dia 9 de abril, quando os trabalhadores protestaram pela vacinação da categoria e outras pautas trabalhistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.