Mortes por Covid em Anápolis é 55% menor que a média nacional

A cidade tem oficialmente 1.502 casos confirmados e 26 óbitos

Nesta sexta-feira, 10, Anápolis tem oficialmente 1.502 casos confirmados e 26 óbitos. Isto representa um percentual de 1,73% de óbitos pela doença. Este índice é um dos menores do país se considerarmos as cidades de médio porte, metrópoles, capitais e Estados. Para comparação, a taxa média de mortalidade por Covid-19 no Brasil é de 3,90%, mais que o dobro de Anápolis. Na capital paulista São Paulo, por exemplo, o índice é ainda maior (4,48%).

Mesmo no comparativo com o Estado de Goiás, o município de Anápolis tem vantagem neste quesito. A média estadual fica em 2,25%, enquanto na capital Goiânia o índice é de 2,71%. Na cidade vizinha da capital, Aparecida de Goiânia, o índice fica em 1,94%.

Mais de quatro meses após o início da pandemia no país, já é possível analisar com mais segurança os dados referentes ao impacto da Covid-19 no sistema de saúde. Isto porque com o avanço do vírus nos quatro cantos do país, os índices podem ser comparados entre as mais diferentes localidades. Em Anápolis, um índice em especial chama a atenção: a baixa mortalidade por Covid-19 se comparado à quantidade de casos confirmados.

O prefeito Roberto Naves acredita que os bons índices são frutos de um trabalho preventivo que iniciou antes mesmo de o vírus chegar na cidade. “Quando tomamos conhecimento deste vírus eu já chamei a equipe de saúde aqui e iniciamos um amplo trabalho de preparação do sistema de saúde. Nós sabíamos que hora ou outra o vírus ia chegar e o foco era estar preparado pra isto”, disse o prefeito.

O prefeito disse ainda que esta preparação gerou custos adicionais à Prefeitura na área da saúde, mas que ele entendeu naquele momento que era um investimento necessário. “Nós fomos até criticados na época por um empresário da cidade que questionou por que a Prefeitura estava gastando com leitos de UTI extras se não tínhamos pacientes na cidade. É uma crítica sem qualquer fundamento do ponto de vista de saúde. Quando o assunto são vidas, todo investimento é pouco e qualquer gestor sabe que remediar iria sair muito mais caro do que prevenir”, argumentou Naves.

Ainda segundo o prefeito, os protocolos adotados na cidade mostraram eficiência na prevenção do novo Coronavírus. Sobre isto, o prefeito cita medidas como o “Zap do Corona” e as “Unidades de Referência para Covid-19”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.