Maria Clara, filha do vereador por Luziânia, Walter Queiroz (pP), faleceu na quarta-feira, 15, com apenas 11 anos de idade. A morte causou comoção significativa na cidade, deixando a população abalada.

Ela foi hospitalizada no Hospital da Criança, em Brasília, no início da semana. Conforme apurou a reportagem, Maria Clara foi diagnosticada com uma doença autoimune e, em cerca de apenas uma semana, foi a óbito.

Nas redes sociais, o vereador Waltinho, como é conhecido, expressou seu agradecimento por todas as mensagens e orações recebidas.

“Queria agradecer a todos que rezaram por nós e por nossa querida Clarinha. A vida dela foi um dom para nós, uma menina cheia de alegria, cheia de amor e carinho em seu coração. Nossa certeza é que Clara está no céu e estará intercedendo por nós. Como fala no filme de São Felipe Neri, “Ela não está mais aqui, ela está viva no paraíso”. Clara está no céu e vamos lutar até encontrá-la. Obrigado a todos pelo carinho”, publicou.

O prefeito de Luziânia, Diego Sorgatto (UB), também manifestou suas condolências ao vereador Waltinho e à sua família. “Consternado e muito triste pela notícia do falecimento da Maria Clara, filha do vereador Waltinho. Que neste momento tão difícil, Deus posa acolher e consolar toda a família. E claro, receber esse anjinho em seu reino”, postou.

A deputada estadual, Dra. Zeli (UB), também se manifestou: “Apenas Deus pode oferecer conforto ao pai, à mãe e à família neste momento difícil. Maria Clara Nava de Queiroz era um anjo que foi chamado de volta para Ele prematuramente. A imensa dor só pode ser consolada pela misericórdia divina. Expressamos os nossos mais profundos sentimentos de pesar e luto neste momento”.

O velório e a missa de corpo presente de Maria Clara Queiroz ocorreram nesta quinta-feira, 16, seguidos por seu sepultamento no cemitério do Centro.

Leia também: