Ministro das Cidades afirma que Cheque Mais Moradia será modelo para governo federal

Titular do Ministério, Bruno Araújo esteve em Palmeiras de Goiás para cumprir agenda de inauguração de obras desde que assumiu o cargo no governo Temer

Antes de irem a Palmeiras de Goiás, o governador Marconi Perillo (PSDB) e o ministro Bruno Araújo discutiram com o prefeito Paulo Garcia (PT) parcerias | Foto: Gabinete de Imprensa

Antes de irem a Palmeiras de Goiás, o governador Marconi Perillo (PSDB) e o ministro Bruno Araújo discutiram com o prefeito Paulo Garcia (PT) parcerias | Foto: Gabinete de Imprensa

O ministro das Cidades Bruno Araújo cumpriu nesta quarta-feira (8/6) em Palmeiras de Goiás a sua primeira agenda de inauguração de obras desde que assumiu a pasta no governo do presidente da República interino Michel Temer (PMDB). Bruno acompanhou o governador Marconi Perillo (PSDB) na entrega do Conjunto Habitacional Maria Pires Perillo, com 480 casas destinadas a famílias de Palmeiras de Goiás, ao lado do prefeito de Palmeiras, Alberane Marques (PSDB), do senador Wilder Morais (PP), de deputados estaduais e federais.

O conjunto habitacional foi construído em parceria do governo federal com o Estado, em que parte da obra foi custeada por recursos do programa Cheque Mais Moradia. O presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab) Luiz Stival informou que foi aplicado mais de R$ 1 milhão. Da União veio verba do programa Minha Casa, Minha Vida.

O ministro afirmou que o Cheque Mais Moradia é um excelente programa criado por Marconi e que deve ser adotado pelo governo federal. “O presidente Temer com certeza reconhece a grandeza desse programa e quero trabalhar, com ele, um modelo para o governo federal.”

“Vou me lembrar por toda a minha vida deste importante momento, em que participo da primeira inauguração como ministro das Cidades, em um Estado que é exemplo para o Brasil”, afirmou Bruno Araújo.

Marise Fernandes, superintendente da Caixa Econômica Federal em Goiás, disse que sem a parceria com o governo estadual, a União não teria condições de manter o projeto de construção das 480 casas na cidade. O prefeito agradeceu ao governador por ter “sempre se esforçado” para que Palmeiras se desenvolvesse.

Marconi lembrou que sua mãe sempre sonhara com o crescimento e desenvolvimento do município, bem como das famílias palmeirenses. O governador destacou a importância da visita e do comprometimento de um ministro das Cidades com Palmeiras, e do que representa o Conjunto Maria Pires Perillo. “Palmeiras ganhou uma cidade nova dentro dela.”

O governo de Goiás e o federal trabalham juntos na construção de mais 280 casas em Palmeiras de Goiás, na segunda etapa do Conjunto Habitacional Maria Pires Perillo.

Parcerias

Marconi propôs ao ministro nesta quarta-feira a discussão de novas parcerias para programas de mobilidade urbana e habitacionais. A solicitação foi feita durante almoço no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, antes da viagem a Palmeiras de Goiás.

O ministro disse ao governador que avaliará o cenário e afirmou que o governo federal está aberto para todas as solicitações e parcerias com Goiás. “Marconi é um dos líderes mais importantes da história deste Estado. É uma fonte de esperança para a construção deste país no futuro”, declarou Bruno Araújo.

“Inspirado no seu governo, vamos apresentar um modelo de Cheque Mais Moradia Reforma que possa ser o novo componente social para o Brasil”, disse o ministro a Marconi. O titular do Ministério das Cidades informou que colocará a sua equipe para elaborar um projeto e apresentá-lo ao presidente interino Michel Temer.

A vinda do ministro a Goiânia ocorre depois de Marconi visitá-lo em Brasília (DF) há cerca de 15 dias. “É o primeiro ministro do governo Temer a visitar o Estado. É um político preparado, culto e determinado. Não tenho dúvida que vai realizar um excelente trabalho”, comentou Marconi.

O governador discutiu com Bruno Araújo e o prefeito de Goiânia Paulo Garcia (PT) o andamento das obras do BRT na capital e do corredor da Avenida T-7. “O que for feito por Goiânia pode colocar na conta do Estado. Nossa torcida é que tudo dê certo. Estamos aqui para ajudar e colaborar.”

O vice-governador José Eliton (PSDB), o senador Wilder Morais (PP), o prefeito Paulo Garcia, o presidente da Assembleia Legislativa Helio de Sousa (PSDB), a superintendente da Caixa Econômica Federal Marise Fernandes, os secretários Thiago Peixoto (Desenvolvimento Econômico), Vilmar Rocha (Meio Ambiente), os presidentes Manoel Xavier (Detran), José Taveira (Saneago) e Luiz Stival (Agehab), os deputados federais Giuseppe Vecci (PSDB) e Marcos Abrão (PPS), os estaduais Francisco Oliveira (PSDB), Gustavo Sebba (PSDB), José Vitti (PSDB), Talles Barreto (PSDB), Marquinho Palmerston (PSDB), Manoel de Oliveira (PSDB), Júlio da Retífica (PSDB) e o prefeito de Trindade Jânio Darrot (PSDB), além dos presidentes de Cohabs e secretários de Habitação de vários Estados participaram. (Com Gabinete de Imprensa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.