Milhares de catalães lotam ruas de Barcelona em protesto contra “golpe de Estado”

Manifestantes acusam Governo da Espanha de “ataque à democracia” e gritam por independência

Mayara Carvalho

Depois do anúncio do Governo Espanhol de destituir o presidente da Catalunha, Carles Puigdemont e todos seus conselheiros, milhares de pessoas participam de manifestação no centro de Barcelona contra as medidas anunciadas  para restabelecer a ordem constitucional na região.

Em pronunciamento, presidente do Parlamento catalão, Carme Forcadell, acusou o primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, de querer promover um “golpe de Estado de fato” contra a Catalunha.

Com gritos de “independência”, o protesto foi organizado com o lema: “Em defesa dos direitos e das liberdades”. A manifestação já tinha sido convocada há alguns dias para exigir a liberdade de dois líderes de entidades sociais independentistas que foram detidos.

Os dois foram presos provisoriamente por ordem da Audiência Nacional da Espanha, acusados do crime de “insurreição” por promover o assédio à Guarda Civil em Barcelona quando os agentes federais faziam uma operação em uma sede do governo regional em setembro.

O vice-presidente regional da Catalunha, Oriol Junqueras, pediu que a população participe do protesto depois das medidas tomadas pelo governo de Mariano Rajoy. Para ele, os cidadãos devem proteger a Catalunha do totalitarismo. (Com informações da Agência Brasil)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.