Michel Temer será solto por determinação de desembargador do TRF2

Antonio Ivan Athié foi responsável por conceder soltura. Na sexta-feira, tribunal tinha informado que habeas corpus seria julgado na quarta-feira

Presidente Michel Temer | Foto: Jose Cruz / Agência Brasil

O desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), determinou, nesta segunda, 25, a soltura do ex-presidente Michel Temer (MDB), preso desde quinta-feira, 21, em desdobramento da Operação Lava-Jato no Rio de Janeiro.

O ex-ministro e ex-governador do Rio, Moreira Franco, e o Coronel Lima, presos no mesmo dia, também tiveram soltura autorizada. Segundo Athié, os pedidos de habeas corpus foram feitos até as 17h de sexta, 22, mas não houve tempo hábil para análise.

Por esse motivo, o tribunal havia informado que o caso só seria analisado na quarta-feira, 27, e, ainda, que não seria analisado monocraticamente, mas na Primeira Turma Especializada.

“Ao examinar o caso, verifiquei que não se justifica aguardar mais dois dias para decisão, ora proferida e ainda que provisória, eis que em questão a liberdade. Assim, os habeas-corpus que foram incluídos na pauta da próxima sessão, ficam dela retirados”, disse o desembargador, que analisou os pedidos no fim de semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.