Suspeita de Covid-19: menino Gabriel, de Anápolis, está internado em UTI pediátrica

Caso de criança de 9 anos em estado grave comoveu a internet neste fim de semana

UPA Pediátrica de Anápolis conta com três UTIs para pacientes graves | Foto: Divulgação/ UniEvangélica

Neste fim de semana, o caso do menino Gabriel Agra, de 9 anos, que está com complicações respiratórias suspeita de serem decorrentes do novo coronavírus, comoveu a internet. A criança, que mora em Anápolis, está internada na UPA Pediátrica do município e informações circularam de que não haveria leito de UTI disponível para o garoto.

De acordo com a prefeitura de Anápolis, a unidade conta com três “salas vermelhas”, que são direcionadas aos pacientes mais graves e seriam das mais equipadas do país. Gabriel estaria recebendo tratamento em uma delas, ao contrário do que foi informado pelas redes sociais.

Ao saber do caso, o prefeito da cidade, Roberto Naves (PP), se dirigiu à unidade para verificar a situação de Gabriel. Lá recebeu a informação da própria família do menino de que ele estaria recebendo o atendimento necessário. As últimas notícias são de que Gabriel permanece intubado na UTI da UPA Pediátrica da cidade.

Em vídeo publicado nas redes sociais do gestor, Naves pede orações para Gabriel, para acometidos por Covid-19 e outras enfermidades e lembra que o município chegou, na última madrugada, em 200 óbitos.

“Isso mostra que a Covid-19 é realmente uma doença muito séria, muito grave, e que precisa da colaboração de todos vocês. Que possam tomar o máximo de cuidado possível, proteger o grupo de risco e as nossas crianças”, alertou.

“A prefeitura municipal de Anápolis tem trabalhado para ter toda estrutura para atender, quando necessário. Mas o ideal, realmente, é que possamos nos prevenir e evitar a contaminação”, disse em vídeo publicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.