Pandemia acelera processo de digitalização das prefeituras

Aplicativo disponibiliza para os prefeitos ou gestores os dados contábeis do município com um toque no celular

“Funciona como um termômetro para que o prefeito verifique se está aplicando os recursos como a lei preconiza”, afirma André Graciano | Foto: Divulgação

Muitos prefeitos eleitos ou reeleitos que tomarem posse em janeiro de 2021 vão se deparar com uma nova realidade. A digitalização dos serviços prestados pelos órgãos públicos. O isolamento social decorrente da pandemia de Covid-19 acelerou essa tendência e esse é um caminho sem volta.

Atualmente, tudo se faz pela internet: serviços bancários, compras, pesquisas e também o acesso a serviços públicos, incluindo prestação de contas. Diante dessa nova realidade, as prefeituras também terão que oferecer serviços digitais.

A Megasoft, empresa de tecnologia voltada para a gestão pública, se antecipou a essa nova realidade e, há mais de dois anos, já oferece aos prefeitos e gestores ferramentas digitais. A empresa desenvolveu um aplicativo que disponibiliza para os prefeitos os dados contábeis do município. Com um toque no celular, o prefeito ou qualquer gestor habilitado pode acessar os principais dados contábeis do município em tempo real.

Batizado de MegaGestão, o app reúne informações orçamentárias como previsão de receitas e despesas; os percentuais aplicados nos diversos setores do município, saúde, educação e folha de pagamento.

“O MegaGestão é muito prático e permite, por exemplo, que o prefeito saiba quanto de recurso a prefeitura tem disponível no banco; quanto entrou de receitas e quanto foi pago a título de despesas diariamente; todos os dados da folha de pagamento mês a mês, número de funcionários, valor absoluto e percentual da receita gasto com a folha”, explica André Graciano, sócio da Megasoft.

O prefeito também recebe as informações em formato de gráficos, o que facilita a interpretação dos dados. “Funciona como um termômetro para que o prefeito verifique se está aplicando os recursos como a lei preconiza”, afirma Graciano. A ferramenta melhora os controles internos, explica ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.