Marido é preso por matar mulher em Goiânia após ela pedir o divórcio

Homem, que disse não admitir a ideia da separação por motivos religiosos, tinha afirmado que viu mulher ser morta em assalto

A Polícia Civil de Goiás (PC-GO), por meio da Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH), prendeu em Samambaia, no Distrito Federal, Waiton Marques Macedo, suspeito de matar sua mulher Nayara Ramos Leão, que queria o divórcio. O crime, inicialmente tratado como latrocínio, aconteceu no dia 4 de agosto, no Jardim Baliza, em Goiânia.

Antes da prisão, Waiton disse que Nayara teria sido assassinada durante um assalto, mas que os dois homens que a abordaram não conseguiram levar nenhum objeto da vítima.

Segundo o delegado Dannilo Proto, responsável pelas investigações, porém, foi encontrada a faca do crime na fossa da residência do casal.

Logo após a prisão, Waiton confessou o homicídio, dando detalhes do planejamento e execução do crime. Segundo ele, por motivos religiosos, a ideia do divórcio era inconcebível.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.